Aulas de Alemão na Escola Moara

A Escola Waldorf Moara está tentando se adequar ao currículo de outras escolas waldorfs no mundo que oferecem uma segunda língua estrangeira. A iniciativa do Conselho de Pais e da Coordenação Pedagógica neste momento é de verificar junto à comunidade da escola o interesse pela Língua Alemã como segunda língua.

 A escolha inicial do Alemão se deve à indicação tradicionalmente seguida pela Pedagogia Waldorf no Brasil.*

 Esta semana foi realizada uma reunião com uma representante do Instituto Goethe de Brasília e uma professora indicada pelo instituto, Prof. Jacqueline Fiuza da Silva Regis.

 Para o ano de 2012, a proposta seria incluir as aulas de alemão nas atividades vespertinas do segundo semestre. É necessário que a turma tenha pelo menos 6 alunos e no máximo 12. Poderiam ser criadas duas turmas, uma de 6 a 9 anos, outra de 9 a 12 anos, para atender as necessidades didáticas e metodológicas do ensino de língua estrangeira em uma escola waldorf. As aulas seriam às segundas e quartas. A turma de 6 a 9 anos das 14h às 15h e a turma de 9 a 12 anos de 15h15 às 16h15. O custo inicial seria de 150 reais por mês para uma turma de seis alunos, podendo sofrer reduções caso o curso tenha maior procura.

 A Prof. Jacqueline Fiuza da Silva Regis é doutoranda em Linguística pela Universidade Friedrich Schiller, Jena, Alemanha, e pela Universidade de Brasília. Mestre em Letras-Alemão, Letras-Português e Ciência Política também pela Universidade Friedrich Schiller (2007), Especialista em Ciência Política pela Universidade Internacional da Andaluzia (2000) e Bacharel em Ciência Política pela Universidade de Brasília (1999). Atualmente está concluindo o curso de Licenciatura em Português na Universidade de Brasília. Foi professora de português, alemão como língua estrangeira e cultura brasileira na Universidade Friedrich-Schiller (2004 a 2007). Foi professora substituta de alemão na UnB até o ano passado e é atualmente professora de alemão no Instituto Goethe (Goethe-Zentrum) de Brasília, cargo que exerce desde 2008. Ela é examinadora certificada para a aplicação dos exames oficiais de língua alemã do Instituto Goethe e está se especializando em ensino de alemão para crianças, com interesse em se aprofundar em Pedagogia Waldorf.

 Os pais que se interessem pelas aulas vespertinas de alemão já em 2012, por favor, procurem a Secretaria e deixem o seu nome na lista.

 [* Rudolf Steiner deu indicações para que a escolha da língua estrangeira fosse calcada na possibilidade de estender as habilidades vocais das crianças. Os movimentos da laringe ao formar um novo som, diverso daqueles a que o indivíduo está acostumado (de sua língua materna), propiciam não só novas habilidades fonéticas, mas também alargam a visão de mundo, pois, ao ter que se adaptar à nova língua, a pessoa pratica essa qualidade – a adaptação – muito mais profundamente do que parece. Assim a criança exposta a línguas diferentes da língua materna no período do segundo setênio tem a chance de, no futuro, quando for adulta, aceitar novos pontos de vista, novas opiniões, e se interessar por se adaptar, se for o caso, tendo facilidade para isso. ]

 
Anúncios
Esse post foi publicado em Escola, Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s